quinta-feira, 25 de maio de 2017

PARABÉNS PELA DATA.

    
     Hoje não só é o dia do seu aniversário como todos os outros o são para você, para mim e todo mundo.  De  uns anos para cá eu tenho dado graças a Deus por conseguir abrir os olhos para ver que  a vida ainda me sorri.  Ainda mexo os braços e as pernas, sinto o clima da casa, o cheiro do café na cozinha, assim como me levanto, ando e tenho fome.  Hoje, portanto, é o dia do meu aniversário, mas como já faz tanto tempo que o milagre acontece  eu não ligo mais ou digo que não ligo.  Tal acontecimento não é privilégio meu ou seu, mas da gente, dos bichos e da natureza.  Hoje, de verdade, o Milton César, meu gato, aniversaria como todo mundo, mas dessa vez é pra valer.  Faz muito tempo que ele viu, pela primeira vez, a luz do sol, da lua e das estrelas.  Viu a felicidade escancarada na cara dos pais quando chegou e, por fim, assistiu o começo dos dias, das tardes e do anoitecer, assim como sentiu e se deu conta do legado que recebeu; a vida.
     Do meu gato eu quero o primeiro pedaço de bolo e mais um dos seus belos sorrisos. Quero também que a sua felicidade seja o melhor dos legados que Deus já tenha dado a um filho.  Parabéns e aproveita a festa, porque ela é sua, enquanto a gente aqui, ali, e alhures, tem o privilégio de estar ao seu lado como seus amigos, seu pai e os seus amores.