quarta-feira, 26 de agosto de 2009

FIM DA PICADA...

Tu chegaste, paraste e te deixaste ficar. Ficaste para conhecer a intimidade do caseiro e te perdestes no doce mel dos seus olhos. Tu estavas entrincheirada nas difíceis possibilidades e por isto lutaste para não ceder à sua graça, mas abriu-se como uma flor no raiar da primavera quando ele jogou sobre ti o seu olhar e o seu sorriso. Insinuou-se. Tirou de tua frente os obstáculos do talvez e do depois e de joelhos viu o teu amor se por aos pés do príncipe de todos os sonhos. Do homem que Van Gogh pintaria em tua tela. De um deus grego brasileiro, de tuas vontades e de ti. Esta lição nos é oferecida a cada instante. De quando nasce o sol, desabrocha a flor ou cantam os passarinhos. Eu, pobre vagabundo, esperançoso em melhorar o mundo trago para os nossos passos esta trilha, que eu mesmo desmatei.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

NO DIA DOS PAIS...

Olha a cara desse cara. E o pior e que se trata de um grande

amigo meu e tudo o que eu digo, nesta narração, não é mais

do que uma homenagem a grande figura que ele é.

silvioafonso.

sábado, 8 de agosto de 2009

E SE ELE CANTOU, TAMBÉM ME ENCANTOU...

Estou preso a todo o tipo de manifestação; de alegrias ou de tristeza. Eu, cara pálida de todas as cores, hoje pai, não vejo grande agonia se um filho perde uma copa, mas o seu irmão ganha a outra. Este é o mundo da compensação, enquanto um entra o outro sai e vice-versa. Felizmente o Homero da minha vida não viveusua tragédia diante dos meus olhos. Eu não conheci meu pai, mas no jogo do perde e ganha eu ganhei com quem o substituiu e ele desenvolveu de tal maneira este papel que, se pai for o que aquele cara foi para mim, o dia dos pais precisará ter uma nova relevância e bem melhor para o segundo domingo de agosto de todos os anos. Meu "pai" foi na minha vida o exemplo que eu dou aos meus filhos e a quem com eles viva. Foi o super herói, o vingador e o criador da máquina do tempo que me trouxe ao futuro promissor. Meu pai é, na minha lembrança, o narrador da história de vida que agora eu começo a escrever. Feliz dia dos pais, não só para os filhos, mas também para os caras que abriram mão dos estudos e do seu futebol para levar o seu rebento a se tornar Zico, Roberto Dinamite, Garrincha, Rivelino ou professor.
silvioafonso